Português

Professor do Curso de Teatro da UFC participa de curadoria da Mostra Internacional de Teatro de São Paulo (MITsp)

16 de março de 2020

O professor Francis Wilker, do curso de Teatro da Universidade Federal do Ceará é um dos curadores da MITbr – Plataforma Brasil, um dos eixos da sétima edição da Mostra Internacional de Teatro de São Paulo. A mostra aconteceu em São Paulo, SP, de 5 à 15 de março, com programação de espetáculos, atividades reflexivas e pedagógicas privilegiando novos olhares para a cena teatral e diálogos a partir das questões que movimentam o campo artístico.

A MITsp busca a experimentação e a investigação da linguagem cênica, com os eixos Mostra de Espetáculos, Ações Pedagógicas, Olhares Críticos e MITbr – Plataforma Brasil. Hoje, a MITsp se configura como um dos principais festivais internacionais da arte cênica no Brasil. É um espaço de destaque para o teatro brasileiro, que valoriza tanto as apresentações como os espaços de diálogo, debate e reflexão conceitual acerca do cenário contemporâneo.

Este é o terceiro ano do eixo MITbr – Plataforma Brasil, responsável pela internacionalização das artes cênicas brasileiras. Além de Francis Wilker, mais dois artistas assinam a curadoria da MITbr – Plataforma Brasil 2020, Grace Passô, atriz, dramaturga e diretora de Minas Gerais e Alejandro Ahmed, dançarino e diretor do grupo Cena 11, de Santa Catarina. “A oportunidade de estar ocupando um espaço dessa envergadura possibilita ampliar o meu próprio conhecimento sobre as práticas teatrais num país de dimensões continentais como o Brasil e também agrega valor ao próprio curso de Teatro da UFC ao ter um de seus professores envolvidos nesses processos.”, relatou o professor Francis em entrevista.

Sobre o seu processo de curadoria ele afirma que procurou abrir espaço para trabalhos que colocam em debate questões raciais, de gênero, entre outras minorias. Foram selecionados 13 espetáculos entre um total de 791 inscrições de todo os Brasil. Essa é a edição da MITbr com o maior número de obras nordestinas, sendo duas do Ceará, duas de Pernambuco, uma da Bahia e uma do Piauí. “Acho importante dizer que esse número expressivo de inscrições é um símbolo de como os artistas desse país não irão se calar diante dessa política de esvaziamento do pensamento crítico, de perseguição da diversidade, de opressão ao pluralismo de ideias, da censura e perseguição às artes.”, declarou.

Wilker é professor da UFC desde 2017, possuindo mestrado e doutorado em artes pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade Estadual de São Paulo (ECA-USP). Além da pesquisa, ele é diretor do grupo brasiliense Teatro do Concreto e já atuou como curador em diversos outros projetos, como o Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília, FIAC-BA e atualmente o MIT-br.